Quem somos


CRIOLA é uma organização da sociedade civil fundada em 1992 e, desde então, conduzida por mulheres negras. CRIOLA define sua atuação com base em sua missão e visão institucionais, a partir da defesa e promoção de direitos das mulheres negras em uma perspectiva integrada e transversal.

MISSÃO: Instrumentalizar mulheres, adolescentes e meninas negras para o enfrentamento do racismo, sexismo e lesbofobia (discriminação contra lésbicas) e para o desenvolvimento de ações voltadas à melhoria das condições de vida da população negra.

VISÃO: Visamos a inserção de mulheres negras como agentes de transformação, contribuindo para a construção de uma sociedade fundada em valores de justiça, equidade e solidariedade, em que a presença e contribuição da mulher negra sejam acolhidas como um bem da humanidade.

No processo de concretização de sua missão, CRIOLA elege grupos prioritários de atuação grupos de mulheres ativistas; lideres de religiões de matriz africana; trabalhadoras; adolescentes e jovens. Com elas trabalha a geração de informação e conhecimento sobre o contexto em que se inserem as políticas públicas, qualificando-as para que atuem em espaços de diálogo e intervenção junto a gestores públicos. Por meio de tais instrumentos favorece a atuação conjunta desses grupos de mulheres negras na luta política pela superação do racismo, pelo fim da violência contra a mulher, da intolerância religiosa, da lesbofobia e do sexismo na sociedade.

CRIOLA elege: a) criar e aplicar novas tecnologias para a luta política de grupos de mulheres negras; b) produzir conhecimento qualificado por meio de pesquisa e seleção de dados específicos sobre o contexto atual do acesso aos direitos; c) Apoiar lideranças negras oferecendo suporte e qualificação para suas ações políticas e condução de processos de interlocução com gestores públicos; e d) incrementar a pressão política sobre governos e demais instâncias públicas pela efetivação de direitos, particularmente o direito à saúde, o acesso à justiça e à eqüidade de gênero, raça e orientação sexual.